outubro 27, 2009

1.º CIHEL – CONGRESSO INTERNACIONAL (DA) HABITAÇÃO NO ESPAÇO LUSÓFONO

“Desenho e realização de bairros para populações com baixos rendimentos”

O Congresso decorrerá entre os dias 22 a 24 de Setembro de 2010, Lisboa, Centro de Congressos do ISCTE – IUL

O 1º CIHEL Contará com uma Palestra Inaugural proferida pelo Arquitecto  brasileiro João Filgueiras Lima (Lelé);

(nota: Estarão à venda, no próprio dia, bilhetes para a conferência do José Filgueiras de Lima, para pessoas que não estejam inscritas no CIHEL, pelo valor de 15€)

o 1.º CIHEL será antecedido, no mesmo local, de 20 a 22 de Setembro, por um Workshop sobre o tema.


ATENÇÃO:

– O PROGRAMA DETALHADO DO 1º CIHEL PODERÁ SER CONSULTADO NO SEPARADOR “PROGRAMA”

– A ORDEM DOS ARQUITECTOS ATRIBUI 8 (OITO) CRÉDITOS A QUEM PARTICIPAR NO WORKSHOP E 5 (CINCO) CRÉDITOS A QUEM PARTICIPAR NO CONGRESSO.

Estará patente no durante o 1º CIHEL uma exposição intitulada: Casas para um Planeta Pequeno: Projecto Angola Habitar XXI – Modelos habitacionais em territórios de macro povoamento informal”, Organizada pelo CIAUD – Centro de Investigação em Arquitectura, Urbanismo e Design da FAUTL.

A ideia deste 1.º CIHEL é discutir, em português, aspectos ligados aos problemas habitacionais, tendo bem presente, por um lado, que as realidades e as problemáticas do espaço lusófono são muito diversificadas, mas que é possível e, julgamos, desejável, começar a falar sistematicamente, aproveitando sermos tantos os que falam em português, sobre os aspectos do nosso habitar que se caracterizem, até, por alguma identidade de ideias e objectivos; e desta forma surgiu a ideia de um 1.º CIHEL, agora centrado na escala do pequeno bairro e da vizinhança e nesta primeira edição numa relação mais aproximada às matérias da arquitectura residencial, embora com uma clara faceta tecnológica – o que não implicará que outros CIHEL tenham outros tipos de temáticas e facetas dominantes.

Com o CIHEL pretende-se alargar o debate sobre a Habitação, em sentido amplo, a outras realidades sociais fisicamente distantes mas afectivamente próximas, em que se destaca o mundo dos países lusófonos em geral e os de África em particular, incluindo-se uma reflexão sobre soluções muito económicas para situações especiais.

A abordagem através de um evento amplo sobre tais desafios recomenda realismo, humildade e sentido prático, mas também ambição. Estes desafios têm diversas vertentes disciplinares, científicas, sociais, políticas, económicas, mas entre elas avulta a da concretização do habitat, nomeadamente do habitat residencial, a do desenho e realização dos bairros para populações com baixos rendimentos. É sobre este tema central, que é, ou deve ser, concretizado através da arquitectura e do projecto urbano, envolvendo o desenho do espaço público, das habitações e dos equipamentos colectivos de proximidade, que se pretende desenvolver o 1º CIHEL.

Esta temática geral será, naturalmente, estruturada numa abordagem de quatro temas mais específicos: políticas e programas;  infraestruturas e equipamentos; soluções habitacionais e modos de vida;  materiais e tecnologias. Temas estes explicitados no “capítulo” deste site : Call for Papers.

Anúncios